terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Natal é


Cristo que Vem...


Às vezes temos a tendência de culparmos a agitação do dia a dia para desculparmos nossa própria perda de verdadeiros e insubstituíveis valores.



Mandamos cartões de Natal, com mensagens pré-impressas, ou mensagens pré-fabricadas pela internet, que não raras vezes, assinamos sem ao menos ler.


Preocupamos-nos em agradar com presentes, como decorar nossa casa melhor do que a do vizinho, com o que serviremos e com quantos convidados teremos para  a ceia.


Convidamos a família ou os amigos para ver a decoração das lojas, repletas de Papais Noéis, e sem nenhum Presépio ou Menino Jesus não vamos a Sua Casa, a Igreja, Vê-lo e adora-lo.


E assim deixamos o Convidado de Honra O ANIVERSARIANTE que é o grande e verdadeiro presente dos Céus, da porta pra fora de nossas casas, e pior, de nossas vidas.



Natal é Cristo que vem.

E Ele, não vem a passeio.


A dois mil e doze anos atrás, Ele despojou-se de toda a sua  Gloria e Majestade e veio revestido de nossa humanidade para nos resgatar do mal e da  morte, entregando-se a si mesmo, como vitima sem mancha, para o perdão dos nossos pecados, e desta forma estabelecer um vinculo inquebrantável entre o Céu e a Terra, entre o homem e DEUS.

Portanto, Neste Natal:

Abra as portas do teu coração, da tua casa, do teu local de trabalho, convide o verdadeiro motivo da festa:
-JESUS-

E porque, você entende o verdadeiro motivo da festa, faça com que o externo, reflita o interno.


Não se esqueça dos verdadeiros amigos, dê um telefonema a quem te fez tanto bem, de um abraço, um sorriso, de amparo, consolo, estenda tua mão, a quem tanto precisa, afinal, Ele veio nos ensinar, que partilhar Solidariedade, Amizade, Bondade, Gratidão, sobretudo Amor, em nada nos empobrece, ao contrário!


Enfim, tente assemelhar-se ao Aniversariante, e certamente você estará comemorando o Natal como o ANIVERSARIANTE gostaria que fosse comemorado.


Boas Festas

 Feliz Natal

Próspero 2013

EliandPádua

  

Por Diácono Marcos 
Antonio Calai Kranz

Nenhum comentário:

Postar um comentário