segunda-feira, 3 de julho de 2017

PÂNTANO

VOAR SOBRE O PÂNTANO


Um pássaro vivia resignado em uma árvore apodrecida em um pântano.

Havia já se acostumado a estar ali, comia insetos do lodo e estava sempre sujo.

Suas asas estavam atrofiadas devido ao peso das imundícies.

Certo dia, um grande vendaval destruiu sua guarida; a árvore apodrecida foi tragada pela lama e então, ele se deu conta de que iria morrer.

Com o desejo de salvar-se, bateu as asas com força. 

Custou-lhe muito, pois esquecera como voar, mas aguentou a dor do corpo até que conseguiu cruzar o céu, chegando a um bosque fértil.


Os problemas são como um vendaval que destrói o seu refúgio e obriga você a levantar o voo ou a morrer.

Nunca é tarde.

Não importa o que você viveu, não importa os erros que cometeu, não importa as oportunidades que você deixou passar, não importa a sua idade, sempre estamos aptos para dizer BASTA, para sacudirmos a lama e voar ALTO, bem longe do pântano!


Eliane de Pádua